sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Tradução da revista espanhola Mía

Mía: É complicado gravar dois filmes ao mesmo tempo?
Robert: Sim. Os últimos dias no Canadá foram deprimentes, ficávamos duas noites seguidas filmando e fazia muito frio; foi horrível.

Mía: Qual é o último filme que você viu?
Robert: 'A Garota da Capa Vermelha'. Ir ao cinema é literalmente a coisa mais impossível de se fazer desde que filmei Crepúsculo. Você está preso em um quarto escuro e não sabe o que está acontecendo lá fora. Costumo ficar nervoso e penso em tudo com o que vou ter que lidar ao sair. Nesse dia havia 60 pessoas na saída. Antes desse vi 'Origem'. Fui a um cinema no meio do nada, e na saída teria uns 20 paparazzi me esperando e não pude fugir deles todo o dia.

Mía: Você se sente estranho quando as pessoas gritam seu nome na rua?
Robert: O problema é que tenho minhas inseguranças, além do mais sou introvertido. Se você começa a pensar 'estão gritando por mim porque sou fantástico', e vive dessa maneira e acreditando nessas coisas, acaba virando louco.

Mía: Então você não acredita?
Robert: Absolutamente. Para pensar assim, você tem que se olhar cada manhã no espelho quando está sozinho e dizer: 'sou a pessoa mais genial do mundo'. E eu não faço isso. Creio que minha personalidade é a errada para ser ator e especialmente para ser uma pessoa famosa. Sou o oposto de como deveria ser (risos).

Mía: Dizem que adotou um cachorro abandonado porque se sente sozinho ...
Robert: Sim, é verdade. E o levo para todos os lugares: Los Angeles, Vancouver, Toronto, Nova York, Arizona ... É ridículo! Mas meus amigos tem ego muito grande para me acompanhar e eu me sinto só.

Jackson Rathbone fala sobre os TwiHards e a possibilidade de tocar com Rob em um show

 
Em uma entrevista exclusiva com a MTV News, Jackson Rathbone - ator de Twilight e membro do funk-rock da banda 100 Monkeys - revelou que ele e co-estrela de Robert Pattinson mantiveram a criatividade fluindo entre as tomadas das gravacoes, fazendo doce música juntos.

Jackson, que interpreta Jasper Hale na saga de vampiros, nos disse: "Eu amo fazer música, e definitivamente não me sinto como se eu teria que desistir de atuar para focar mais sobre ela, ou vice-versa. É tudo uma arte, e eu adoro arte! "

Com rumores voando sobre Pattinson se preparando para gravar um álbum, Jackson estava cheio de elogios para o talento musical de seu co-estrela, mesmo provocando: "Hey, talvez nós poderíamos até mesmo tocar no palco juntos um dia ...

Tocando um "som eclético" e estilo de performance única, embora Jackson saiba que Crepúsculo contribuiu para sua fama, sem dúvida, ajudando a impulsionar a popularidade entre os grupos de LA, ele insiste que a base de fas dos 100 Monkeys é realmente muito distante do Team Edward e Team Jacob e que os Twihards que foram na turnê promocional do filme "um pouco louco."

Apesar disso, Rathbone admitiu que ele e sua banda também receberam sua parcela justa de comportamento fanático, declarando: "Alguns deles têm obtido tatuagens onde nós assinamos nossos nomes em seus corpos. Isso é muito louco! "

E não é só os fãs que gostam de levar as coisas a extremos: O ator multi-talentoso, cantor, guitarrista, baixista, baterista, teclado, bandolim, trompete e gaita jogador não se contenta com parar por aí, revelando que ele também é um diretor de cinema interessado.

O velho de 26 anos explicou: "Eu sempre me inspiro nos caras com quem trabalho, e eu aprendi muito com Bill (Condon, Twilight Saga: Breaking Dawn diretor) que eu possa tomar para meus projetos vindouros. É emocionante ver onde eu ir junto ... "

Novo Still de Jacob em Amanhecer!

imagebam.com

 

Americanos sofrem crise epilética com cena do parto de Bella


Dois americanos tiveram ataques epiléticos durante a cena em que Bella (Kristen Stewart) dá a luz a sua filha com o vampiro Edward (Robert Pattinson) em “A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1”, informou o jornal britânico The Guardian. A relação da cena com a causa dos ataques ainda não foi confirmada e está sendo investigada.
Mas o jornal revela que dois espectadores americanos na Califórnia e em Utah sofreram convulsões justamente nesta cena. Especialistas contatados afirmaram que a cena pode, sim, ter causado os ataques, porque conta com luzes vermelhas, brancas e pretas, capazes de provocar episódios de epilepsia fotossensível. “O problema dos cinemas é que eles são muito escuros e a luz piscando é como uma luz estroboscópica”, explicou o Dr. Michael G. Chez.
Na sessão da Califórnia, onde aconteceu um dos incidentes, o homem foi socorrido às pressas e levado para um hospital. A exibição do filme foi cancelada. “Ele estava bufando, tentando respirar. Fiquei muito assustada”, contou sua namorada.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

James Franco diz ao Access Hollywood que queria estar em ‘Crepúsculo’

Matéria Original: Access Hollywood
Ator-diretor-escritor-artista-aluno, James Franco também queria ser um vampiro!
O astro revelou seu desejo de fazer parte de “A Saga Crepúsculo.”
“Eu pedi ao meu agente dizer para [o diretor] Bill Condon que eu estaria feliz de fazer qualquer coisa em ‘Amanhecer’ “, disse o ator para a Playboy de agosto.
“Mas isso foi porque talvez eu iria fazer parte de um projeto de multimídia em Yale. Eu estava atuando um estudante de Yale que tinha escrito uma peça autobiográfica sobre a colocação em uma produção teatral de ‘Crepúsculo’ em que eu era um personagem,“ele continuou. “Então, eu estava interessado em ‘Crepúsculo”, porque eu ia fazer parte desse elenco. Eu pensei que uma grande ligação seria se eu também estivesse envolvido realmente com o filme ‘Crepúsculo’ “.

Boo Boo Stewart: “Rob é hilário, eu não conseguia parar de rir”


Matéria Original: Celebuzz
Rob [Pattinson] é a minha pessoa favorita para trabalhar, ele realmente me surpreendeu. Eu não esperava que ele fosse tão engraçado, eu pensei que ele ia ser um cara tranquilo, mas quando você começa a falar com ele, ele é hilário, eu não conseguia parar de rir “, diz Stewart.

wibiya widget